Arquivos

Talento & Embalagem

Descobrimos no Blog de Daniel Piza, que escreve para o jornal Estadão

Um sujeito esquisito – gordo, feio, mal vestido – e vendedor de celulares, do tipo que quando a maioria olha não lhe dá nada, aparece num programa de TV e diz que vai cantar ópera. Não sei até que ponto a história é verdadeira, já que em geral há pré-entrevistas com os participantes desse gênero de programa. Mas os jurados duvidam, um deles até emite um olhar de deboche. E ele vem com Nessun Dorma:

Talento não escolhe embalagem. Por isso mesmo, é uma força libertária em qualquer sociedade.

Comments are closed.