A violência intramifamiliar e de gênero

Educação e Cidadania News de 10.02.2013 – 2º Bloco.

A violência contra mulheres e crianças ainda é uma triste realidade no Brasil. No Mapa da Violência de 2012, o País ficou em 7º lugar entre os que mais matam mulheres e dessas, 70% foram mortas dentro da sua própria casa pelos companheiros. Cerca 65% dos atos violentos contra crianças e adolescentes cometidos no último ano tiveram como autores os próprios pais, padrastos, tios e avôs.

Em Santa Catarina, em 10 anos, o número de homicídios de crianças e adolescentes mais que dobrou. Passou de 56 (2000) para 119 (2010).

Com iniciativa do Instituto Movimento, no próximo dia 23 de fevereiro, Florianópolis recebe o Curso: Educação para Igualdade nas relações, ministrado por Carlos Eduardo Zuma, psicólogo e um dos profissionais que atuaram na elaboração da Lei Maria da Penha.

A psicóloga e diretora do Instituto Movimento Telma Lenzi falou ao Educação e Cidadania dessas violências.

Comments are closed.