Francês no Campeche e Inclusão Educacional na Eletrosul

Educação e Cidadania News de 17.03.2013 – 1º Bloco.

Ao invés de bom dia, os alunos respondem à professora bonjour. Na hora da despedida, os alunos falam au revoir. Desde o início das aulas desse ano,os estudantes da escola básica municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, no Campeche, têm aulas de francês, graças a parceria entre Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis, Aliança Francesa e a Fundação Saint-Exupéry.

Na reportagem do Educação e Cidadania, falaram à repórter Gabriela Raupp, a diretora Carla Patrícia Lapa, a professora Mirena dos Santos e os alunos Matheus Bueno e Alexandre dos Santos de 11 anos e Amanda Nascimento e Liliane Ferreira, de 12 anos.

Para o repórter Rodrigo Cardozo, a presidente da Fundação Saint-Exupéry, Monica Cristina Correia, explica o projeto e os sonhos que ainda estão para serem realizados.

Ainda nesse bloco do Educação e Cidadania, você pode conferir o registro da formatura dos alunos da turma de ensino fundamental do Ceja da Eletrosul.
O projeto faz parte de investimentos da estatal em Inclusão Educacional e as aulas ocorreram dentro da própria empresa, permitindo aos alunos estudarem e trabalharem.

Comments are closed.